Segunda-feira, Abril 12, 2021
Início Provedor do REC

Provedor do REC

Joaquim Fidalgo

“Como é que se sente?”

0
A evocação da tragédia de Entre-os-Rios, ocorrida há 20 anos, despertou a memória de uma série de discussões acaloradas sobre a cobertura jornalística daquele acidente que causou a morte de 56 pessoas – e...
Joaquim Fidalgo

O que custa – e o que vale – uma reportagem

0
Nos muitos anos que levo de professor de Jornalismo, uma das coisas mais difíceis com que sempre me deparei foi, precisamente, tentar explicar aos estudantes o que é uma reportagem.
Joaquim Fidalgo

2020/2021 – O que fica do que passa?

0
As estatísticas mostram que este ano, e muito em especial nos primeiros meses da crise sanitária que nos arrombou a porta, se consumiu informação como há muito não se via.
Joaquim Fidalgo

Jornalista: entre o profissional e o pessoal

0
Pode ou deve um(a) jornalista expressar-se com toda a liberdade nas suas páginas pessoais do Facebook, do Twitter ou do Instagram?
Joaquim Fidalgo

Teletrabalho: o “novo normal”?

0
E assim de repente, como quem não quer a coisa, o teletrabalho passou a ser quase obrigatório para quase todos os jornalistas.
Joaquim Fidalgo

Guardar notícias na gaveta?

0
Bob Woodward fez bem ou fez mal em esperar por setembro para revelar as declarações de Trump gravadas em Fevereiro?
Joaquim Fidalgo

O “jornalismo sentado” – parte II

0
Se há género que atrai um jornalista, que o puxa, que o seduz, que o leva até ao fim do mundo, é a reportagem. Mas a reportagem mesmo, não os trabalhos que dela só...
Joaquim Fidalgo

O “jornalismo sentado” – parte I

0
A crise existe, de facto, é muito séria, e fazer jornalismo menos “sentado” e mais “de pés ao caminho”, tem o seu preço: basicamente requer mais pessoas e mais dinheiro. Tão simples e tão complicado como isso…
Joaquim Fidalgo

Artes e técnicas de entrevistar

0
Entrevistar pessoas é o que um(a) jornalista mais faz. Não é fácil. Exige treino, reflexão, sensibilidade humana e profissional, bom senso, cuidado, respeito.
Joaquim Fidalgo

O jornalismo e os “estados de exceção”

0
Temos assistido, nos últimos tempos, a um crescendo de protagonismo público de “pivots” de jornais televisivos. Não é um assunto fácil.