Mais do que desporto

Paulo Pedrosa, jornalista da Sport TV e editor deste programa

0
339

A pandemia trouxe todo o tipo de dificuldades. Fora e dentro do campo. O REC foi conhecer os sonhos desmoronados daqueles que subiam escalão a escalão na hierarquia das modalidades. E, de repente, perderam a escada.

“Dentro de água não sinto o peso do acidente”. Renato Oliveira encontrou na natação a solução para voltar a sentir a liberdade de movimentos. A estrada levou-lhe uma perna e a força de um braço, mas o desporto devolveu-lhe a igualdade.

Mais do que a conquista de prémios, a prática desportiva oferece novas possibilidades. A história de quem vive com uma doença é, em si, uma vitória diária quando conhecemos Telma Barreto. O diagnóstico de esclerose múltipla não lhe travou o sentido de levar uma vida normal. E, neste testemunho ao REC, explica como consegue transformar uma dificuldade numa oportunidade de ajudar os outros através do desporto.

Ajudar. É a palavra que combate a pandemia através dos gestos. Sandro Silva é um futebolista profissional que jogou por uma segunda equipa no último ano. “Futebol para a vida” é o nome do clube que não tem limite de jogadores no plantel. Todos são poucos para prestar auxílio a quem a pandemia retirou a comida da mesa e o teto da casa. O Sandro é o “homem do jogo” nesta partida desigual.

Neste programa participaram Vânia Barbosa, da Universidade do Porto, David Mendes, David Oliveira e Gonçalo Taborda, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Pedro Silva Vitorino, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Bruno Sevivas e Pedro Batista, da Universidade de Trás-os-Montes, e João Castro, da Escola Superior de Comunicação Social do Politécnico de Lisboa. A edição foi de Paulo Pedrosa, jornalista da Sport TV, e a coordenação de Luís Bonixe, do Instituto Politécnico de Portalegre.