Da estrada para a mesa: o cordeiro assado, uma estrela transmontana

Márcia Correia, Raquel Guerra, Inês Saúde e Catarina Relva (Escola Superior de Educação de Viseu)

0
76

A Nacional 2 é, provavelmente, a estrada mais emblemática de Portugal, pois atravessa o país de Norte a Sul. Percorremos parte dela no distrito de Viseu à procura dos seus sabores mais tradicionais. Por entre os montes e as famosas vinhas da região do Douro encontrámos uma verdadeira iguaria: cordeiro assado.

Márcia Camoesa, habitante da freguesia de Sande, que utiliza muitas vezes esta estrada para se deslocar, ensina-nos neste vídeo a confecionar o, nesta região, tão famoso cordeiro assado. Márcia Camoesa já faz este prato há mais de 50 anos, é a comida mais típica da sua aldeia e a primeira que a sua mãe lhe ensinou.

O cordeiro assado é um prato típico transmontano, que antigamente só se confecionava em dias de festa, sobretudo no dia da festa da aldeia ou na Páscoa. Este ano, devido à pandemia provocada pela covid-19, a festa da aldeia de Sande foi cancelada, mas a tradição não se esqueceu e no dia 19 de julho logo pela manhã os fornos da aldeia já fumegavam e cheirava nas ruas a cordeiro assado no forno a lenha.

Na maioria dos casos, os ingredientes que acompanham o cordeiro nesta receita são cultivados pelos aldeãos, quer as batatas, o alecrim, o loureiro e, claro, até o próprio cordeiro.

São precisos dois dias para confecionar este prato na perfeição. No primeiro dia, antes de cozinhar, dedica-se o tempo à preparação: deve-se marinar a carne, com azeite, alecrim, colorau, alho, loureiro e sal.

No domingo de festa, pela manhã, coloca-se a lenha no forno e deixa-se aquecer enquanto se prepara o arroz e as batatas. Para deixar o arroz com sabor à Trás-os-Montes, antes deve-se colocar uma panela com várias carnes salgadas e chouriço, tudo a cozer, depois coloca-se a água dessa cozedura até encher o recipiente do arroz. Leva-se o arroz ao forno com a carne a assar em cima do mesmo.

As batatas são temperadas com o mesmo tempero da carne, aquele que se fez no dia anterior. Depois de 45 minutos no forno está pronto para ser servido.

Para que possa aventurar-se a confecionar esta iguaria, mesmo que não tenha um forno a lenha, deixamos a lista de ingredientes:

Arroz
Batatas
Cordeiro
Sal
Loureiro
Alecrim
Colorau/Anato
Alho
Azeite
e….
boa disposição