A essência do REC em “Os cinco escolhidos, os cinco esquecidos”

Pedro Coelho – coordenador do projeto (SIC/NOVAFCSH)

1
297

Este trabalho é a expressão da essência do REC: lugar de interligação entre o mundo académico e o mundo profissional.

O primeiro longo formato do REC foi produzido entre outubro de 2018 e junho de 2019 pela aluna Mariana Teófilo Cruz. “Os cinco escolhidos, os cinco esquecidos” é um trabalho projeto que a aluna defendeu, em provas públicas, para obtenção do grau de mestre, no Mestrado em Jornalismo da NOVA/FCSH. O júri, presidido por Marisa Torres Silva da NOVAFCSH e que teve como arguente Teresa Abecasis, jornalista multimédia do Público e do grupo de conteúdos do REC, atribuiu ao trabalho a classificação de 18 valores.

“Os cinco escolhidos, os cinco esquecidos” relatam a história de cinco jovens afegãos que chegaram a Portugal em 2017, com o estatuto de menores não acompanhados. Vieram da Grécia, depois de um longo e penoso percurso no Paquistão e no Irão. Portugal foi o único país da Europa que aceitou acolher menores não acompanhados afegãos. A disponibilidade do país em receber este grupo de jovens foi fortemente elogiada pela MetaDrasi, a ONG grega que apoia refugiados e que tinha a tutela destes cinco afegãos.

Este trabalho de investigação jornalística em formato multimédia relata detalhadamente o que aconteceu aos jovens depois da chegada dos cinco a Portugal. Apesar de terem percorrido um longo caminho de sofrimento, os cinco acabaram por se diluir no denso sistema de institucionalização nacional. Como se o passado, a cultura e a dura história de vida destes cinco não fossem, desde logo, fatores obrigatoriamente distintivos.

Durante os oito meses que este trabalho durou, a aluna integrou a equipa de produção da grande reportagem da SIC “Via Sacra”, sobre o mesmo tema. Os conteúdos multimédia que integram este longo formato foram integralmente concretizados pela aluna, tendo recebido a orientação profissional e científica de Pedro Coelho e o apoio do repórter de imagem da SIC José Silva.