Há famílias mais tradicionais que outras?

Teresa Abecasis, jornalista da CNN Portugal

0
163

Em Portugal, 16% dos jovens entre os 15 e os 34 anos têm filhos, a maioria apenas um. Seis em cada dez têm um companheiro ou companheira, 2% destes vivem em relações poliamorosas. São alguns números de um grande estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos divulgado no final do ano passado.

Neste programa do REC vamos para além dos números e damos voz aos jovens portugueses e a viver em Portugal. O que é, para eles, uma família? Há famílias monoparentais, há a família nuclear, há o agregado familiar. E há famílias mais tradicionais que outras? Há famílias normais e, por oposição, anormais?

O dicionário da Porto Editora ajuda-nos a definir a palavra como um “grupo de pessoas unidas pelo vínculo do casamento, afinidade ou adoção”.

Dentro deste conceito, cabem “grupos de pessoas” tão diversos quanto as próprias pessoas. Em resumo: uma família é um lugar de afectos. E dá para escolher de onde é que eles vêm?

Neste programa participaram a Carolina Valente, o Rodrigo Costa e a Teresa Cunha da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; a Eunice Parreira e a Sofia Gabriel da Universidade da Beira Interior; a Inês Galrito, a Margarida Alves e o David Costa da Escola Superior de Comunicação Social; a Beatriz Ceia, do Instituto Politécnico de Bragança; a Carolina Neto e a Luana Augusto, da Universidade Lusófona; e a Ana La-Salete Silva, o Fernando Costa, a Inês Cristina Silva, o Miguel Esteves, a Sara Arnaud e o Tiago Serra Cunha da Universidade do Porto. A edição é da Aline Flor, jornalista do Público, e da Teresa Abecasis, da CNN Portugal. A locução é do Fernando Costa.