Chamar a música

Miguel Soares, jornalista da Antena 1 e editor do programa "Música"

0
504

Vozes afinadas. Corpos com música dentro. Sons que circulam no sangue. Ritmos que ditam a marcha. Arraiais populares. Ruas. Canções porta a porta. Aqui, cabe (quase) tudo. Como na rádio.

 

Nesta edição, acompanhamos um grupo de músicos que leva cantigas a casa dos idosos. Em tempo de pandemia, o isolamento de muitas pessoas agravou-se. As visitas, seguidas pela Ana Silva, a Inês Ribeiro e o Flávio Costa (do Instituto Politécnico de Leiria) funcionam como um bálsamo para esta camada da população.

Enquanto isso, em Portalegre, rapazes e raparigas afinam as vozes para dar vida às tunas
académicas. A Nadine Soares e a Mariana Almeida (do Politécnico de Portalegre) deixaram-se encantar pelas serenatas.

A alegria pelo regresso aos palcos das festas populares contagiou a Ana Costa, a Júlia Pires e a Marta Mendes (da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro), depois de uma crise pandémica que suspende as marchas de Lisboa. Neste sítio há reportagem em vídeo sobre mais um ano em que marcam passo. A rua é, de resto, ponto de encontro para todo o tipo de pessoas. E um palco democrático para os artistas ainda não reconhecidos. A Inês Lamego (da Escola Superior de Educação de Viseu) retrata as dificuldades de quem atua nas praças e ruas de Lisboa.

E se a rua é um local de encontros, que dizer da rádio? Nas nossas frequências moduladas há espaço para todos, sobretudo para a música portuguesa. A Bruna Sousa, a Francisca Graça e a Isabel Marques (da Universidade do Minho) escutam os argumentos de quem apoia e de quem contesta as quotas da música nacional. Uma questão de identidade. E que melhor exemplo de identidade que o da música cigana? A Mariana Vilas Boas e a Inês Delgado (da Universidade do Porto) ouviram como as notas correm nas veias de Inácio e Tomé.

Chamar a música. Dar-lhe com a alma.

Neste programa participaram Inês Lamego, da Escola Superior de Educação de Viseu; Mariana Vilas Boas e Inês Delgado, da Universidade do Porto; Ana Silva, Inês Ribeiro e Flávio Costa, do Instituto Politécnico de Leiria; Ana Costa, Júlia Pires e Marta Mendes, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; Nadine Soares e Mariana Almeida, do Instituto Politécnico de Portalegre; e Bruna Sousa, Francisca Graça e Isabel Marques, da Universidade do Minho. A edição é de Miguel Soares, jornalista da Antena 1. A edição e pós-produção é de Miguel van der Kellen, da Universidade Autónoma de Lisboa. A coordenação é de Isabel Reis, da Universidade do Porto.