Uma língua que tem saudade

Miguel van der Kellen, professor da Universidade Autónoma de Lisboa e editor do programa "Pronúncias"

0
390

Inspirado em Giacometti, este episódio do REC sobre pronúncias procurou escutar conversas, ouvir histórias, experiências, apurar o ouvido e entrar no mundo dos outros por esse país fora. Com uma comunicação social nacional há muito formatada, exploramos a riqueza dos sons, prática quase perdida.

 

O francês Michel Giacometti fez uma recolha de música popular do Nordeste Transmontano durante os anos 60. Ficámos mais ricos com a partilha que depois foi surgindo e que perdura em vários formatos e em vários lugares. Do Museu Municipal de Ferreira do Alentejo, passando pelo Museu da Música Portuguesa (no Monte Estoril), pelo Museu Nacional de Etnologia, às várias edições em disco e ao arquivo RTP.

O REC traz essa possibilidade de ouvir genuinamente essas histórias de todo o país, de escutarmos as pronúncias uns dos outros. Mas não só, também os hábitos, os costumes, as tradições, os saberes, tudo o que nos afasta devido à distância mas que também nos é próximo por causa dessa língua rica e vasta que tem saudade.

O sonho de andar por aí a captar a vida está presente. Podia ser com um desses gravadores de alta qualidade ou até mesmo com um telemóvel moderno que capte bem o som. Afinal, a tecnologia democratizou o processo. O que mais faltará?

Neste programa participaram Pedro Lopes e Francisco Nascimento, da Universidade da Beira Interior, Susana Martinho, da Universidade do Porto, Rui Godinho, do Instituto Politécnico de Portalegre, Nuno Chaves, Rita Ribeiro da Silva, Mireuza Lopes, e Tânia Monteiro, da Universidade Autónoma de Lisboa, Tiago Gonçalves, Pedro Sousa, Mafalda Souto, Sofia Moreira, Diogo Rodrigues, da Universidade do Minho e Adriana Silva, Maria Rosa, João Bento e Cláudio França, do Instituto Politécnico de Leiria. A edição, locução e pós-produção são de Miguel van der Kellen, professor da Universidade Autónoma de Lisboa.