Da liberdade da mulher aos capitães do MFA

Mário Antunes, jornalista da Antena 1 e Professor na Universidade do Algarve

0
2951

 A liberdade da mulher sobre o seu corpo. A liberdade religiosa. A liberdade criativa. A liberdade conquistada pelos capitães do MFA. As liberdades continuam a passar pelo REC.

 

A liberdade da mulher sobre o seu corpo

Até 2007, a interrupção voluntária da gravidez (IVG) era proibida em Portugal. Depois de décadas de luta, debates públicos, e dois referendos, é possível recorrer ao serviço nacional de saúde, para abortar de forma livre. O País ficou marcado por histórias de mortes, momentos tensos de luta, julgamentos, revisões de leis e dois referendos. Para as mulheres o tema não é fácil. O assunto é evitado, contornado e silenciado, como documenta a reportagem nesta edição.

A liberdade religiosa

Portugal é um país tolerante com as diferentes fés religiosas? Somos uma sociedade inclusiva? Outro dos temas nesta edição do REC.

A liberdade criativa

Neste programa é ainda feita uma comparação entre antes do 25 de Abril e agora, através do testemunho de Rui Pato, o médico que foi companheiro de Zeca Afonso em tantas gravações e palcos.

A liberdade conquistada pelos capitães do MFA

O programa encerra com a historiadora Maria Inácia Rezola, também Comissária Executiva das comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, que nos enquadra, em entrevista, a génese do Movimento dos Capitães.

Neste programa do REC, participam os alunos Carolina Rocha e Cristiana Marques, da Universidade Autónoma de Lisboa; Cláudia Coelho, Rita Casqueiro e Margarida Santos, da Universidade Lusófona; Inês Galrito e Madalena Paredes, da Escola Superior de Comunicação Social; Diana Agra, Eduarda Paixão, Arménio Torrão e Daniela Sousa, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; Tiago Paiva, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. A edição foi de Mário Antunes, jornalista da Antena 1 e Professor na Universidade do Algarve. A condução e apresentação deste programa é feita por Madalena Paredes, da Escola Superior de Comunicação Social. A Coordenação geral foi de Fábio Ribeiro, Francisco Sena Santos e Miguel van der Kellen, do REC.